Meio de cultura

Meio de cultura (MS) Murashige & Skoong

As sementes de orquídeas não possuem endosperma funcional, ou seja, não possuem uma reserva nutricional para o embrião, na natureza, a semente utiliza para esse fim, um fungo chamado “Micorriza”, de onde retira os nutrientes necessários a sua sobrevivência.
Esse tipo de reprodução e chamada de, simbióntica.

Em 1922 o Professor Knudson concedeu a cultura chamada assimbiótica, utilizando-se de cinco sais minerais, açúcar, Agar-agar, misturando-os e controlando o seu pH, semeando uma pequena quantidade de sementes em um meio estéril, em um frasco fechado que, no início, possuía um furo na tampa vedado com algodão hidrófobo, para trocas gasosas, tendo sucesso em sua experiência, abrindo as portas para vários outros métodos similares de cultura assimbiótica.
Nessa matéria, apresentarei para vocês um desses métodos, O chamado (MS), de (Murashige & Skoop).
Essa fórmula é uma das mais usadas atualmente, e é acrescida de alguns ingredientes caseiros como a banana e a batata.

Você vai precisar de:

.

500 ml. de água para injetáveis
Encontrado em lojas de material hospitalar.

 

 

 

Carvão ativado em pó
Encontrado em lojas de produtos químicos e casas de aquários.

 

 

 

Agar-agar especial
Encontrado em lojas de produtos químicos, De preferência o importado conhecido como “especial”.
(Não é o comestível)

 

 

(MS) – composto Murashige & Skoop
Encontrado em alguns orquidários comerciais, Pode ser fabricado em farmácias de manipulação que trabalhe com orgânicos. Click aqui para visualizar a receita.

 

 

Banana
De preferência não maduras.

 

 

Batata
De preferência inglesa ( batata branca).

 

 

Açúcar Cristal
Qualquer marca.

 

 

Proveta graduada
Encontrada em lojas de equipamentos para laboratório.
(Ou qualquer outra ferramenta para medida de líquidos.)

 

Balança de precisão
Ou qualquer ferramenta para medição de sólidos.

.
 

 

Utilizando os equipamentos de medição descritos acima, coloque no liquidificador, 150ml. de água para injetáveis, 60gr. de batata, 15gr. de banana e uma colher de chá de carvão ativado em pó.Utilizando os equipamentos de medição descritos acima, coloque no liquidificador, 150ml. de água para injetáveis, 60gr. de batata, 15gr. de banana e uma colher de chá de carvão ativado em pó.

.

+
+
+

.
Bata bem e Reserve essa mistura

Agora em uma panela, misture 10gr. de açúcar cristal, 10 ml. de Agar-agar,e 250ml. de água para injetáveis.

.

+
+

.
Em fogo brando, mexa até o Agar-agar dissolver, tornando a mistura translúcida. Junte com a mistura do liquidificador e adicione 2ml de composto (MS).
Utilize para essa medida uma seringa de injeção.

.

.

 

O meio de cultura está pronto, agora, ele deve ser esterilizado. Para isso, siga os passos abaixo.

Tenha em mãos, um funil, vidros limpos com suas respectivas tampas também limpas, uma panela de pressão para efetuar a esterilização.
Com a ajuda do funil, coloque nos frascos aproximadamente 1 centímetro de meio de cultura em seu fundo.
Feche com a tampa, e repita a operação nos outros frascos até utilizar completamente todo o meio produzido.
Atenção: Nesse primeiro instante, não aperte demais as tampas para que os vidros possam “respirar” durante a fervura, evitando assim, sujar as paredes internas do frasco.

.

. 
Coloque agora, dois dedos de água da torneira no interior da panela de pressão.
Leve os frascos a panela de pressão, deixando de quinze a vinte cinco minutos, contando a partir do início da fervura. Esse tempo é suficiente para a esterilização dos frascos e varia de acordo com o tamanho da panela, quanto menor a panela, menor o tempo de fervura.
Atenção: Caso opte por usar tampas plásticas, evite deixar por muito tempo em fervura, evitando que as mesmas derretam.

.

. 
Eu utilizo uma panela de 20Lts, com capacidade para 16 frascos do tipo “para palmito”, sendo necessário dois níveis de frascos para aproveitar totalmente o espaço da panela.
Dependendo do tamanho da panela, aproveite a mesma para esterilizar outros materiais que serão utilizados na fase da semeadura, como pinças, papel toalha, filtro de papel, água, etc.

 

 

.
Tampe a panela e leve ao fogo.
Após o tempo de fervura determinado, aguarde aproximadamente 1 hora para que a panela e os vidros esfriem, evitando acidentes.
Depois de esfriarem, abra a tampa da panela e aperte bem as tampas dos frascos. Caso não vá utilizar imediatamente a cultura, lacre as tampas com filme plástico.

.

.
Está concluído, os frascos estão prontos para serem semeados, basta agora você escolher as sementes e iniciar o processo de semeadura.
Essa receita rende entre 12 e 14 frascos, e não é necessária a medição de seu PH.

 

Por Thiago Wolf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *